Vigilância Imprimir Email

Desde 1997, o CEREST faz vigilância em processo de trabalho que exponha as pessoas a risco, tanto do setor formal ou informal. No setor formal o foco são as empresas de vários ramos como papel e papelão, metalurgia, alimentos, açúcar e álcool, químico, construção civil, prestação de serviços entre outros. O CEREST dispõe de um Sistema de Vigilância dos Acidentes de Trabalho (SIVAT) que registra todos acidentes de trabalho ocorridos nos hospitais e pronto-socorros do município desde 2003. O SIVAT tem cobertura universal que independe do vínculo de emprego (formal ou informal) e visa a intervenção nos processos de trabalho para prevenir novas ocorrências.
Várias iniciativas intersetoriais de vigilância vêm sendo desenvolvidas desde 1997, com destaque para o 1º acordo municipal de prevenção de acidentes da construção civil assinado em 1999 (ver acordo); o Manual e o programa de prevenção de acidentes no setor papel e papelão, em 2001; a criação do comitê de segurança alimentar nas empresas de panificação; a negociação setorial das marcenarias do ano de 2007 e a negociação com as Olarias em 2008.

O SIVAT foi premiado como experiência bem sucedida em Epidemiologia na 5ª EXPOEPI (Brasília, 2005) com prêmio de R$30 mil reais recebido pela Secretaria Municipal de Saúde de Piracicaba. Encontra-se em andamento desde 2004 um programa de vigilância para LER/DORT por meio de inspeção nos locais de trabalho, a partir de dados da Assistência e de capacitação dos profissionais das unidades da atenção básica do SUS.



Escrito por Administrator   
Sexta, 07 Agosto 2009 13:06